Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias São Borja

Vacinação contra a H1N1 tem baixa adesão em São Borja

Anelise Editado em 10/06/2021

Vacinação contra a H1N1 tem baixa adesão em São Borja

Foto: Eduardo Belmonte/ ESBC

Seguem as campanhas de vacinação contra a Covid-19 e gripe H1N1, nesta quinta-feira (10).

Durante a manhã, na Central de Vacinas, os militares do Exército Brasileiro da Engenharia e do 2RCMEC recebem a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. O atendimento acontece até às 12h e deve ser feito agendamento prévio. A população em geral, a partir dos 56 anos, e os demais grupos prioritários também podem procurar este serviço. Os militares da Coudelaria estão sendo chamados a comparecer no CEMAE das 16h às 18h, mediante agendamento. A vacinação está ocorrendo com duas equipes na Central de Vacinas, uma para os civis e outra para os militares. No momento da vacinação é necessário levar o CPF, cartão do SUS e carteira de vacinação se tiver.

Já no período da tarde, segue a terceira etapa da vacinação contra a gripe H1N1. Os grupos prioritários compostos por: pessoas com comorbidade pessoas com deficiência permanente, servidores das forças de segurança e salvamento, forças armadas, portuários, trabalhadores do sistema prisional, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas de transportes coletivos e adolescentes de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, devem procurar a Central de Vacinas das 13h às 18h e as ESF’s, das 13h às 17h. No primeiro dia da terceira fase, foram aplicadas 214 doses do imunizante na Central de Vacinas, movimento pequeno para o primeiro dia da nova etapa. Os dados dos ESF's não foram divulgados. Na hora da vacinação é preciso levar atestado médico comprovando a comorbidade ou comprovante de vínculo empregatício.

 

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário



Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: