Com A Voz do Brasil

A mais de 70 anos levando informações para a população brasileira


 Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias São Borja

Aumento da área de cultivo traz boa expectativa para a safra de trigo em São Borja

Anelise Editado em 10/06/2021

Aumento da área de cultivo traz boa expectativa para a safra de trigo em São Borja

Foto: Daniel Popov/Canal Rural

São Borja começa a formação da nova lavoura de trigo com a expectativa de um aumento significativo na área de cultivo em relação à safra passada. Dados levantados pela Emater apontam para um aumento de 4 mil hectares em 2021, comparada à lavoura de 2020. No ano passado foram cultivados 16 mil hectares e, este ano, a previsão é de que o cultivo de trigo atinja, pelo menos 20 mil hectares. A Emater prevê que esta área reservada inicialmente pode ser ainda maior, dependendo da situação de preço do produto e das condições climáticas na região.

O técnico agrícola Odacir Decol, chefe do escritório municipal da Emater, informou que até agora 20% da área prevista estão plantados no município. Para ele o plantio deve ser acelerado já nos próximos dias visto que, para muitas variedades, o plantio recomendado vai até 20 de julho. Um dos implicadores é o clima. Segundo Decol, se o inverno for seco, como se está prevendo, poderá ser favorável à lavoura, desde que não haja estiagem prolongada. 

O aumento do cultivo de trigo em São Borja deve-se ao bom preço praticado atualmente no mercado e, cuja expectativa dos produtores é de que permaneça até a safra. “O preço hoje, de cerca de R$ 85,00 a saca, é considerado bom pelos produtores, porém eles temem que um aumento no custo de produção acabe diminuindo o lucro no final da safra”, destaca Decol.  A produtividade média da lavoura de trigo no município é de 3 mil quilos ou 50 sacos por hectare, previsão mantida pelos técnicos para a safra 2021.

O chefe do escritório municipal da Emater, lembrou que na safra passada houve uma quebra significativa na produtividade por conta de geadas que atingiram as lavouras em agosto, no período mais crítico da planta. Com isso, a média de produtividade caiu pela metade em 2020. 

Há algumas décadas o município de São Borja foi considerado um dos maiores produtores de trigo do país, chegando a cultivar 120 mil hectares por ano. Com a expansão e valorização maior da soja e do arroz e a desvalorização do trigo, o cereal perdeu muito espaço, mas mesmo assim segue sendo a principal lavoura de inverno no município.

 

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário



Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: