Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Polícia Geral

Justiça aplica pena máxima a Husen Khaled pelo assassinato de sua esposa Sônia Khaled

Rafael Vigna Editado em 08/07/2019

Justiça aplica pena máxima a Husen Khaled pelo assassinato de sua esposa Sônia Khaled

O tribunal do júri condenou, na noite desta quarta-feira, dia 3 de julho, Husen Kasem Khaled a 30 anos de prisão em regime fechado por homicídio quadruplamente qualificado. O veredito é fundamentado na participação de khaled, na condição de mentor e contratante, do assassinato de sua esposa, a empresária Sônia Khaled. A pena máxima do ordenamento jurídico brasileiro foi aplicada pelo crime bárbaro que chocou São Borja no dia 6 de novembro de 2015.

Na data, Husen encomendou a morte da esposa, durante a simulação de um assalto. O próprio Husen confessou ter conduzido outros outros dois réus, entre os sete acusados de participação no crime, ao interior de sua residência. Sônia foi abordada enquanto se preparava para iniciar a rezar, conforme os preceitos de sua religião, o islamismo. Em seguida, eles a conduziram, amarrada, até a Rua Tristão de Araújo Nóbrega. No local, ela foi executada com quatro tiros, dois deles pelas costas, e duas facadas.

O júri também condenou Valdemir Rodrigues a 24 anos por sua participação no crime. Outros dois réus serão julgados a partir desta quinta-feira, dia 4 de julho.

Mais informações e a cobertura completa dos julgamentos na Folha de São Borja de Sábado dia 6 de julho.   

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: