Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias São Borja

São Borja celebra o Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Rafael Vigna Editado em 02/04/2019

São Borja celebra o Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Na terça-feira, dia 02 de abril, é celebrado o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. A data, criada pela Organização das Nações Unidas tem por objetivo difundir informações para a população sobre o que é o Autismo e, deste modo, promover a ações contra a discriminação e o preconceito vinculado ao chamado Transtorno do Espectro Autista (TEA), que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo.

Em São Borja, não é diferente. São mais de 300 pessoas autistas, conforme apontam os dados extraoficiais que circulam na cidade. Por isso, no mês de abril, diversas atividades estão programadas, entre elas, o apoio à Campanha Abril Azul. Ações de iluminação em prédios públicos, como a Câmara e a Prefeitura, na cor azul, serão implementadas em alusão à causa. Pedágios educativos também estão sendo realizados, desde terça-feira, com distribuição de panfletos educativos.

A meta é promover o compromisso político em favor de maiores investimentos nos setores sociais, educacionais e laborais direcionados às pessoas autistas. Para os pais, tão importante quanto o tratamento, é permitir que os filhos sejam incluídos na sociedade e tenham mais qualidade de vida e respeito.

A advogada Vânia Alves Cardoso, mãe do pequeno Isaque Henrique de 7 anos, que aos 2 anos foi diagnosticado com autismo de grau leve, tece alguns comentários dobre a relevância da data. “Muitas vezes, vemos crianças gritando na rua, ou se jogando no chão e julgamos que aquilo é por malcriação, mas isso pode ser uma criança autista”, observa. Para entender melhor o universo das pessoas com necessidades especiais, principalmente autistas, Vânia resolveu fazer pós-graduação em educação inclusiva. Em seu projeto acadêmico, criou um grupo de aproximadamente 38 mães, onde aborda o conhecimento sobre o autismo e sobre suas experiências com os filhos.

Ela é uma das organizadoras e participantes do grupo de familiares que realizaram uma panfletagem na Praça XV, na terça-feira. Vânia explica que o autismo é um transtorno que tem por característica o comprometimento em algum grau de comportamento social, seja na comunicação ou na linguagem. Cada indivíduo possui um grau, na escala de Autismo. Pessoas com um quadro leve podem ter total independência e discretas dificuldades de adaptação. Já as pessoas com o nível mais elevado do TEA, se tornam menos independentes nas atividades cotidianas.

Pensando nisso, o vereador André Dubal encaminhou para ao Prefeito, Eduardo Bonotto, na semana passada, uma solicitação para dar início à confecção de carteirinhas de identificação para pessoas diagnosticadas com TEA em São Borja. A iniciativa virou projeto de lei protocolado na terça-feira na Câmara de Vereadores. A ideia, comenta Dubal, nasceu após um pedido dos representantes da APAE e das mães de crianças autistas.

A carteirinha prevê 50% de desconto em todos os eventos realizados no município e também a preferência de atendimentos em filas de mercados, postos de saúde e outros locais. A mesma prioridade já concedida às pessoas com deficiência, idosos e gestantes. A confecção da carteirinha, se aprovada pelos vereadores, ficará a cargo da secretaria de desenvolvimento social.

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: