Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias São Borja

Rádios Cultura AM e Fronteira FM fecham parceria com a Metsul Meteorologia

As previsões do tempo serão realizadas para São Borja e região

Anelise Postado dia 21/09/2020

Rádios Cultura AM e Fronteira FM fecham parceria com a Metsul Meteorologia

Semana começa com temperaturas baixas/ Foto: Tchaylen de Souza/ ESBC

A partir desta segunda-feira, 21, uma parceria entre a Metsul, e as rádio Fronteira FM e Cultura AM, trará informações locais do tempo, para São Borja e região, visando informações diretamente com profissionais do assunto. Em entrevista com a meteorologista e sócia da MetSul, Estael Sias, já tivemos uma prévia de como será a nova estação que chega nesta terça-feira, 22.

De acordo com Estael, a primavera chega em uma semana com tempo seco, com previsão de chuva apenas para o final de semana. Durante os dias, as condições são típicas da estação, com manhãs frias e tardes quentes, chamado de amplitude térmica, com possibilidade de cerração no início das manhãs. A estação já começa com influência do fenômeno La Niña. O oceano pacífico equatorial fica com águas mais frias por pelo menos 8 semanas seguidas, o que traz consequências à atmosfera, gerando esse fenômeno.

A partir de agora, na condição típica de primavera, as frentes frias que trouxeram chuvas para a Região Sul começam a subir para as regiões de cima do país como Sudeste e Centro Oeste. Dessa forma, a instabilidade no Rio Grande do Sul é muito mais por conta de temporais nas madrugadas que, por sua vez, contribuem para a média mensal de chuvas para São Borja.

Com relação às chuvas, os produtores devem ficar atentos. O fenômeno La Niña traz como uma de suas consequências, um baixo índice de chuva. O mês de outubro ainda terá seus índices próximo da normalidade. A partir de novembro e dezembro, é que o as chuvas ficaram mais escassas. A tendência é de uma estiagem regionalizada. Outro ponto a ser observado será as temperaturas altas nesse período. A partir de janeiro e fevereiro, já há uma forte tendência  de normalização das precipitações.

Sobre as temperaturas, Estael não descartou temperaturas baixas no amanhecer para as próximas semanas, mas com elevação no decorrer do dia. Outro fenômeno que não está descartado é a geada em algumas regiões. Mas a meteorologista tranquilizou os produtores da região de que em São Borja, o risco de geada é baixo.

A respeito das safras de arroz e soja, a profissional informou que a previsão do fenômeno ‘La Niña’ preocupa, já que a chuva regular pode se estender em força máxima nos períodos de novembro a janeiro, considerado de curta duração.

Sobre as safras de arroz e soja a profissional fez um alerta, “principalmente nessa região da Fronteira Oeste onde a chuva não recuperou totalmente, o que preocupa é esta arrancada da safra de arroz com um déficit de precipitação importante. Sobre a safra da soja, vai depender muito do ciclo do plantio, de como vai ser a redução das chuvas, se será suficiente em outubro. Alguma variáveis estão indefinidas, por isso temos que passar essas informações mais próximas do momento da decisão do agricultor, de acordo com cada histórico”, afirmou.

 

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário



Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: