Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias São Borja

Justiça condena mais dois participantes do assassinato de Sônia Khaled

Estágio ESBC Editado em 26/09/2019

Justiça condena mais dois participantes do assassinato de Sônia Khaled

Foto: Gelci Saraiva

Depois de dois dias de julgamento, o Tribunal do Júri condenou mais dois participantes do assassinato da empresária Sônia Khaled, ocorrido em 6 de novembro de 2015. Bruno Silveira Aires foi sentenciado a 24 anos e Tiago Vargas Motta, a 22 anos e oito meses nesta quarta-feira, dia 11. Os dois foram considerados os executores de Sônia em homicídio triplamente qualificado realizado a mando do marido de Sônia, Husen Khaled.

De acordo com o Ministério Público (MP) Bruno foi o autor dos quatro disparos – dois deles pelas costas – e das duas facadas que resultaram na morte de Sônia, aos 44 anos. No primeiro dia do julgamento, na terça-feira, dia 10, Tiago chegou a assumir a autoria dos disparos e contradisse a sua versão dada em delação premiada feita em fevereiro de 2016. Também afirmou não conhecer a maioria dos envolvidos no crime. Segundo a sentença, cada um ainda terá que pagar, R$ 100 mil de indenização aos filhos da vítima. A advogada de Bruno, Josiane Balbé pretende recorrer da decisão.


Em julho deste abo, o marido e mandante do homicídio, Husen Khaled, foi condenado a 30 anos de prisão. No mesmo júri, Valdemar Rodrigues foi condenado a 24 anos por ter emprestado a moto utilizada no resgate de Tiago no local do crime. Em outro júri, Maurício Mariano, recebeu pena de 30 anos por ter sido o responsável por contratar os autores do assassinato a mando de Husen Khaled.  

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: