Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias Geral

Governador abre precedentes no modelo de distanciamento controlado

Anelise da Costa Andres Editado em 23/06/2020

Governador abre precedentes no modelo de distanciamento controlado

Prefeituras que fazem parte de regiões com bandeira vermelha, não precisarão obedecer as restrições, caso não tenham tido óbito ou apresentem internações por COVID nos últimos 14 dias

Em live no final da tarde desta segunda-feira, dia 22, o governador Eduardo Leite revisão o status de alerta de uma região e de alguns municípios do Estado, dentro do modelo da instituição de bandeiras. A revisão foi de dois terços no número de municípios que chegaram a entrar para a bandeira vermelha de acordo com anúncio de sábado, mas após contestação dos gestores, saíram da zona de risco.

A região beneficiada com o reestudo, foi a de Palmeira das Missões. A região possui em sua lista 52 municípios que retornam à bandeira laranja, menos restritiva. Além da região, o governador permitiu que outras 37 prefeituras adotem as mesmas condições de distanciamento, mesmo os municípios fazendo parte de regiões que seguem com adoção da bandeira vermelha. Assim, dos 133 municípios que estavam sob bandeira vermelha, apenas 44 devem restringir a atividade econômica a partir desta terça-feira.

De acordo com Eduardo Leite, a região de Palmeira das Missões retornou à classificação anterior, graças à uma pequena variação no número de hospitalizações.  Segundo Leite, o território havia sido colocado sob alerta vermelho em função de um arredondamento nos indicadores de risco. Diante do pedido de reconsideração, o núcleo de controle da pandemia entendeu que havia espaço para um recuo.

Já a iniciativa de permitir regras de bandeira laranja mesmo em uma região sob bandeira vermelha teve como parâmetro o número de óbitos e internações por covid. Conforme o governador, todos os municípios que não registraram morte ou pacientes hospitalizados pelo novo coronavírus nos últimos 14 dias poderão adotar regras locais de isolamento. Os modelos deverão ser estabelecidos pelos prefeitos, desde que restritos às condições previstas na bandeira laranja. 

Desde a semana passada, o Governo estipulou um prazo para que os municípios contestassem a cor da bandeira para suas regiões.

Permanecem na bandeira vermelha as regiões de Capão da Canoa, Porto Alegre, Canoas e Novo Hamburgo.

Abrandamento na bandeira vermelha

O Governador também informou autalizações mais brandas para a bandeira vermelha. Entre as adequações, estão a permissão para atividades em academias, desde que respeitados o atendimento individualizado por aluno e a distância de 16 metros quadrados, e a permissão de missas e cultos, com limite máximo de 30 pessoas.

 

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: