Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias Geral

Derrota deixa o Bugre mais próximo do rebaixamento

Rafael Vigna Editado em 07/04/2019

Derrota deixa o Bugre mais próximo do rebaixamento

Agora complicou! O São Borja entrou em campo, na tarde desta quarta-feira (3/4), com uma série de problemas internos e não conseguiu sequer dar início a qualquer tentativa de reabilitação. Em um jogo bagunçado, com pitadas de surrealismo, acabou derrotado por 2 a 0 pelo Passo Fundo, em pleno Estádio Vicente Goulart, para desgosto da fiél e apaixonada torcida.  

Desfalcado do artilheiro da equipe na Divisão de Acesso, Léo Mineiro, que sentiu uma lesão no tornozelo na última partida, o time também não contará mais com o esteio da zaga, o defensor Mendonça, cortado em definitivo do elenco por um episódio de indisciplina. Como se isso e a ameaça de rebaixamento não bastassem, Thiago Saraçol protagonizou um lance polêmico e inexplicável ao bater um pênalti, logo aos 5 minutos da partida.

Na cobrança bizarra, o camisa 10 do Bugre passou pela bola, sem chutar. Retornou de costas para o gol e, de virada, colocou no canto direito do goleiro Potí, que já havia caído e buscava se recuperar no lance. Tudo isso, em uma simples cobrança de penalidade. O Juiz da partida, amparado pela orientação da FIFA, decidiu punir o jogador da equipe são-borjense com o cartão amarelo e anular o lance que poderia ter dado um rumo diferente à partida. A regra vigente, desde 2016, afirma que: ameaçar durante a corrida para cobrar um pênalti para confundir um oponente é permitido, mas ameaçar chutar a bola uma vez que o jogador completou a corrida é agora uma infração da lei número 14 e um ato antiesportivo pelo qual o jogador deve ser punido.

A lambança de Saraçol custou caro. O futebol esteve sempre em segundo plano. A desordem, entretanto, começou depois da derrota por 1 a 0 para o Glória de Vacaria, no domingo passado.  Nesta quarta-feira, ainda houve um atraso de 20 minutos, em razão da ausência do médico da AESB, que assinou a súmula, mas não estava no estádio. Com estes ingredientes seria difícil, quase impossível, obter um resultado favorável.

Depois de um primeiro tempo com poucas chances, o Passo Fundo, que não estava para brincadeiras, retornou dos vestiários e, aos 8 minutos, marcou o primeiro gol com Wendel. Gean Carlo, nos acréscimos, quando a torcida indignada já deixava o estádio em massa, colocou números finais na vitória do Passo Fundo por 2 a 0.

O São Borja segue na penúltima colocação do Grupo B com 11 pontos em 11 jogos. Faltando apenas duas rodadas para o final da primeira fase, pode assumir a lanterna ainda hoje. Para isso, basta que o União Frederiquense consiga um empate com o Igrejinha em partida que ocorre logo mais, às 21h. Confira aqui a tabela atualizada   

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: