Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias Geral

De virada, Bugre bate a Polenta Mecânica em Bento Gonçalves

Rafael Vigna Editado em 11/04/2019

De virada, Bugre bate a Polenta Mecânica em Bento Gonçalves

No duelo entre o líder e o lanterna do Grupo B da Divisão de Acesso, a lógica não prevaleceu. Jogando fora de casa, contra o já classificado Esportivo de Bento Gonçalves, o São Borja deu demonstrações de muita grandeza, neste domingo (7/4). Mesmo largando em desvantagem, os comandados de Geverton Duarte buscaram o empate no primeiro tempo, e venceram a partida por 3 a 2 com um gol de pênalti na etapa complementar. A vitória encerra a crise e retira o peso da exposição e da repercussão nacional do pênalti desperdiçado por Thiago Saraçol, na quarta-feira passada.

A combinação de resultado na partida entre União Frederiquense e Passo Fundo também favoreceu. Com isso, a AESB necessita de apenas um empate na última rodada para permanecer na Divisão de Acesso. Com 14 pontos em 13 jogos, o Bugre está vivo e tem todas as condições de escapar do rebaixamento. Para isso, ainda vai contar com todo o apoio da torcida no duelo decisivo, de vida ou morte, que será disputado no Estádio Vicentão, no próximo sábado, contra o União Frederiquense.

Em campo, o jogo começou movimentado e com a Polenta Mecânica pressionando. Dez minutos. Este foi o tempo necessário para os líderes da chave B vazarem a defesa dos lanternas, em Bento Gonçalves. Athos avançou pela ponta direita, arriscou de fora da área e o goleiro John aceitou: Esportivo 1 a 0.

Aos 27 minutos, John fez bela defesa no arremate de longa distância. No rebote, Toni Júnior dominou, driblou Gil na pequena área e obrigou o arqueiro são-borjense a cometer uma penalidade máxima. Zulu bateu colocado no canto direito para ampliar: 2 a 0.

O segundo gol dava indícios de que uma derrota seria inevitável. No entanto, já no minuto seguinte, Velasques cobrou falta pela direita, Gil desviou para as redes e descontou para o São Borja: 2 a 1.

O Bugre passou a perseguir o empate, mas assumiu muitos riscos defensivos. John realizou pelo menos duas grandes defesas, cara a cara com os atacantes, salvando o São Borja.

Em uma tarde inspirada, Linik, voltando de lesão, surpreendeu a zaga da Polenta Mecânica. Aos 41 minutos, o camisa 10 limpou a marcação na entrada da meia-lua, bateu forte no ângulo esquerdo e empatou o confronto: 2 a 2.  

No retorno dos vestiários, as duas equipes tiveram oportunidades para construir a vitória. Mas foi o Bugre de pênalti quem colocou números finais à partida. Eto’o bateu rasteiro no canto direito para fechar o placar e retirar a invencibilidade do Esportivo na Montanha dos Vinhedos, aos 27 minutos da etapa complementar: 3 a 2 para o São Borja.  

O Bugre ainda poderia ter obtido um placar mais elástico. Aos 43 minutos, o goleiro do Esportivo foi expulso, após uma entrada violenta em João Felipe. Como a Polenta Mecânica já havia realizado as três substituições, o lateral direito Vinicius terminou a partida na condição de goleiro dos donos da casa.  

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: