Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Polícia Geral

Situação orçamentária da PRF é normalizada

Todos os serviços estão sendo realizados normalmente

Michel Benites Editado em 03/11/2017

Situação orçamentária da PRF é normalizada

Foto: Arquivo / Rádio Cultura

O contingenciamento de verbas que prejudicou os serviços da Polícia Rodoviária Federal em São Borja já foi controlado. Segundo Inspetor Chefe da PRF, Jelielton Viana, em julho, o órgão de segurança recebeu a confirmação que seriam diminuídos os repasses de recursos, devido as medidas de economia que estavam sendo tomadas pelo governo.

A unidade local da PRF desde então realizava apenas atendimentos de ocorrência e praticamente não estava mais realizando rondas nas estradas, porque o contingenciamento prejudicou principalmente a aquisição de combustível.

Mas, depois de algumas negociações, essa situação foi resolvida e o governo voltou a repassar os valores que estavam projetados. Com isso, todos os serviços da PRF da região acontecem normalmente.

Fechamento da Unidade

Um situação que chegou a ser debatida, mas que não teve continuidade, foi a possível transferência da unidade de atendimento para Uruguaiana. O Inspetor Chefe da PRF, Jelielton Viana, diz que praticamente não existe mais essa possibilidade e que São Borja vai continuar com sua unidade, sendo responsável por mais de 400 quilômetros de estradas.

No dia 14 de novembro estará na cidade o superintendente regional da PRF, João Francisco Ribeiro de Oliveira, confirmando que essa alteração não será realizada. Ele vai visitar a unidade local, conversar com os policiais e ainda participar de reuniões com autoridades do município.

João Francisco Ribeiro de Oliveira tem 40 anos, é natural de Porto Alegre e tem formação acadêmica em Direito. Ele ingressou na Polícia Rodoviária Federal no ano de 2005 e passou por diversas funções no Estado e no comando em Brasília.

No Rio Grande do Sul, o novo superintendente chefiou a Delegacia PRF em Porto Alegre por dois anos. Em Brasília, João Francisco ocupou funções de grande responsabilidade e destaque, como Coordenador de Planejamento e Controle Operacional e como Coordenador Geral de Operações substituto.

João Francisco também se destacou como um dos coordenadores das Operações Olimpíadas, a mais complexa operação já realizada pela PRF.

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: