Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias São Borja

Sífilis continua sendo preocupação em São Borja

Muitos casos já foram confirmados nesse ano

Michel Editado em 12/04/2018

Sífilis continua sendo preocupação em São Borja

Foto: Arquivo / Rádio Cultura

A epidemia de Sífilis continua preocupando as autoridades em saúde de São Borja. Novos números sobre a doença serão divulgados nessa semana, mas o enfermeiro do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), Glauber Marques, confirma que os índices continuam crescendo.

Na cidade, em 2015, foram registrados 109 casos. Em 2016 a doença apresentou um crescimento, sendo diagnosticadas 171 pessoas. No ano passado foram 126 notificações da doença.

A sífilis pode ter três tipos, como explica o enfermeiro do SAE. Na primeira fase da doença, que é a fase da lesão, muitas vezes, a úlcera desaparece espontaneamente depois de alguns dias ou semanas, levando ao paciente à falsa impressão de que ele está curado.

Em um segundo momento, que pode ser duas ou três semanas após a primeira lesão, surge um quadro clínico mais extenso, em que se pode ter lesões por todo o corpo, que podem muitas vezes ser confundidas com um quadro de alergia.

O período contínuo, onde o paciente não tem sintomas, mas transmite a infecção, é chamado de sífilis latente. E nos quadros mais graves, que são anos de sífilis latente não diagnosticada, pode-se fazer um quadro muito grave de sífilis terciária, com manifestações neurológicas, e até alguns quadros de demência relacionados à sífilis não diagnosticada mais cedo.

Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: