Anúncie no portal da Rdio Cultura AM 1260 - So Borja
Notícias São Borja

Prefeito mantém o atual valor da passagem de ônibus em R$ 3,55

Rafael Vigna Editado em 17/05/2019

Prefeito mantém o atual valor da passagem de ônibus em R$ 3,55

O prefeito Eduardo Bonotto promoveu reunião, na sexta-feira (26/04), para anunciar uma decisão histórica: o preço da tarifa no serviço de transporte coletivo urbano permanecerá congelado em R$ 3,55 ao longo de 2019. O anúncio foi feito depois de várias semanas de encontros e debates, acontecendo na Sala de Reuniões da Prefeito, com participação, além de representantes da administração municipal, também de representantes da Câmara de Vereadores, Agência Reguladora de Serviços Delegados de São Borja (Agesb) e da empresa Integração, concessionária para o transporte coletivo.
 
Um grupo de trabalho formado desde 2017 e com reuniões semanais de análise e acompanhamento deliberou por não subir o valor da passagem de ônibus este ano. A Integração pediu, inicialmente, aumento para R$ 4,15. O gerente da empresa, Vicente Abrantes, explicou que várias ações de racionalização possibilitaram que não houvesse aumento. “Eliminamos serviços que estavam ociosos,  em determinados trajetos e horários, mas sem retirar nenhuma linha de ônibus atualmente em circulação, e ainda sem eliminar gratuidades ou meias passagens, por exemplo” , explicou.
 
O prefeito Eduardo Bonotto destacou que “o esforço empreendido para o resultado obtido leva em conta, também, a situação de desemprego ou de dificuldade econômica dos usuários do transporte coletivo”. O prefeito ressaltou que, além da conquista agora confirmada, a empresa Integração assume o compromisso de seguir investindo.
 
Vicente Abrantes confirma isso. Ele informa que novos ônibus serão colocados em operação, assim como mais itens de qualificação dos serviços, “de modo a garantir maior comodidade aos usuários”. Por seu turno, o vereador André Dubal destacou que o exemplo de São Borja “inédito na Fronteira, é exemplo para todo o Rio Grande do Sul”.
 
Na mesma linha, os vereadores Marcelo Robalo e Adão Santiago destacam o espírito coletivo para a solução encontrada de não aumentar as passagens urbanas. “É um reconhecimento geral de que a comunidade, especialmente os trabalhadores, estão sendo vistos e contemplados nas suas necessidades”, disseram os parlamentares. O secretário de Infraestrutura, Segurança e Trânsito, Damião Ribas, avaliou que “a conquista é resultante de ações de um grupo permanente e que vai seguir trabalhando”.
 
Presenças
 
Marcaram presenças no encontro, além do prefeito Eduardo Bonotto, também o vice Roque Feltrin, o secretário de Infraestrutura, Segurança e Trânsito, Edson Ribas, e o consultor Jurídicos Marcos Rogério dos Santos. Outros servidores da Prefeitura igualmente estiveram na reunião, entre eles o diretor de Trânsito, Airton Rocha Alves.A Agesb marcou participação para vários dos seus membros e a empresa Integração por seu gerente em São Borja, Vicente Abrantes. Da Câmara Municipal foram quatro representantes: André Dubal, Adão Santiago, Marcelo Robalo e Ayrton Poerschke Ferrari.
 
Gostou da Matéria? Deixe-nos seu curtir ou Deixe seu Comentário

Fique sempre Atualizado

Receba em seu e-mail as notícias da cidade, promoções e tudo sobre a programação da Rádio Cultura AM 1260




Todos os direitos reservados à ESBC - Empresa São-borjense de Comunicações Ltda

© Radio Cultura AM 1260 - 2014

Desenvolvido por: